Hospital da Mulher é referência na área de saúde materno infantil

Hospital da Mulher Hospital da Mulher Foto: Prefeitura do RJ (Reprodução)

O Hospital da Mulher Mariska Ribeiro, em Bangu, inaugurado em junho do ano passado é o primeiro da cidade voltado exclusivamente para a saúde feminina. A unidade que possui três pavimentos e cobertura, conta com 100 leitos de internação e 39 de UTI e UI neo-natal, além de seis salas de parto e quatro de centro cirúrgico.

SMSDC RIO HOSPITAL MUNICIPAL DA MULHER MARISKA RIBEIRO
Telefone: (21) 3747-0428
Endereço: Praça 1 de Maio s/nº
BANGU - CEP-21830-006 - RIO DE JANEIRO - RJ
HOSPITAL ESPECIALIZADO MATERNIDADE - GESTÃO MUNICIPAL

Movimente o mapa, veja a localização e a melhor maneira de como chegar

Veja aqui as linhas de ônibus que passam em frente.

É importante frisar que além da maternidade e pré-natal, são oferecidos também os serviços de ambulatório de pré-natal e ginecologia, sala de exames e pequenos procedimentos em ginecologia e obstetrícia, hospital/dia (unidade de observação para a paciente), exame diagnóstico de câncer cérvico-uterino, ultrassonografia, mamografia, raios-x e exames de controle de movimento do bebê.

Foto : Prefeirura do RJ (Reprodução)

Com capacidade para realizar 400 partos, 100 cirurgias ginecológicas e 500 consultas mensais, o hospital conta ainda com equipamentos como as incubadoras modernas, que, em comparação às tradicionais, podem reduzir em até um terço o período de internação dos recém-nascidos na UTI neonatal. Foram investidos R$ 43 milhões na obra. 

Hospital possui enfermaria canguru

Foto: Prefeitura do RJ (Reprodução)

Uma inovação em hospitais públicos no Rio de Janeiro é a enfermaria canguru com seis leitos. O método busca humanizar ainda mais os cuidados prestados aos recém-nascidos internados na UTI, permitindo que o bebê receba os cuidados maternos ainda durante a internação. A unidade integra ainda a rede do programa Cegonha Carioca, que atende gestantes em toda a cidade. As grávidas podem fazer o pré-natal no local e conhecer a maternidade antes do nascimento de seu bebê, além de ter transporte exclusivo no dia do parto.

A unidade está preparada para realizar o aborto de anencéfalos, operação que foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal no Brasil. Cerca de 700 mil moradoras da Zona Oeste foram beneficiadas com a abertura da unidade. O hospital é o mais moderno da cidade para atendimento à saúde feminina, tanto da rede pública quanto da privada.

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro

Lido 43501 vezes
Avalie este item
(21 votos)
Entre para postar comentários
Visualize:
  • Font size:
  • Decrease
  • Reset
  • Increase